R$ 5 milhões em esquema de fraude na prefeitura de Corumbá, MS

Uma pessoa foi presa e mais de 100 estão sendo investigadas em uma operação deflagrada em Corumbá pela Policia Federal (PF) e pelo Ministério Público Estadual (MPE). Um esquema montado dentro da prefeitura, segundo as investigações, desviava dinheiro através de empréstimos consignados. Cerca de R$ 5 milhões teriam sido utilizados para o pagamento de empresas e pessoas envolvidas no esquema de corrupção.

Os documentos comprovam a fraude. Funcionários da prefeitura recebiam aumentos de gratificação para poder ampliar a margem do empréstimo consignado.

A Polícia Federal e o Ministério Público Estadual afirmam que o dinheiro era repassado para a Prefeitura que pagava empresas de forma irregular. As investigações levam em conta o período de 2005 a 2012.

“São mais de 100 pessoas que foram indicadas como participantes do esquema, dessas pessoas vários empréstimos foram contratados, então há pessoas com 6, 7 empréstimos constado em suas folhas e o montante deve estar chegando em torno de 3 a R$ 5 milhões”, diz o delegado de Polícia Federal, Alexandre Nascimento.

Além da participação de funcionários da prefeitura, existe a suspeita de que servidores da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, tenham participado do esquema, todas essas pessoas vão ser chamadas para prestar depoimento.

“Nós vamos manter a oitiva de servidores e demais pessoas interessadas a colaborar com as investigações, inclusive aproveita a oportunidade para solicitar aqueles servidores que tenham sido enganados, que tenham participado desses empréstimos consignados, ou sob ameaça que se dirija a PF colaborem com as investigações, porque temos muitos elementos, mas quanto mais documentos e testemunhas tivermos será melhor para o andamento das investigações”, diz o procurador do Estado, Luciano Lara Leite.

A operação foi batizada como Cornucópia que na mitologia grega significa abundância, de comida, ou de dinheiro.

Wilson Roberto Fernandes era gerente de recursos humanos da prefeitura, era ele que, segundo a Polícia Federal, chefiava a quadrilha. Wilson Fernandes é a única pessoa presa, até agora. Ainda conforme a polícia, as investigações não levam em conta a atual administração. (Com colaboração André Navarro, TV MS Record)
http://www.msrecord.com.br/noticia/ver/104604/operacao-investiga-esquema-de-fraude-na-prefeitura-de-corumba-desvio-em-forma-de-emprestimos-chega-a-r-5-mi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: