Ex-prefeito de Itaguaí, Luciano Mota (PSDB-RJ) é acusado de desvios de mais de R$ 1.2 milhões, referente a pagamentos de “funcionários fantasmas”

9g2p1d3y1n_2y3xjw6271_file.jpeg
MP pede prisão de ex-prefeito de Itaguaí acusado de desvio de verba da prefeitura

Luciano Mota, secretários e vereadores participavam de quadrilhA

Luciano Mota tinha veículos de luxo e helicópteroReprodução / Rede Record

O Ministério Público do Rio de Janeiro pediu a prisão preventiva do ex-prefeito de Itaguaí, região metropolitana do Rio, Luciano Mota. O ex-prefeito é acusado de comandar uma quadrilha que desviava verba dentro da prefeitura. Além de Mota, o ex-diretor de informática da prefeitura, David Nacedo, do ex-secretário municipal de administração, Fuad Zamot, além de seis vereadores. Ao todo, 121 pessoas foram denunciadas, entre eles 112 “funcionários fantasmas”, que deverão responder por peculato.

De acordo com a denúncia, o ex-prefeito Luciano Mota, que era visto pelas ruas da cidade pilotando uma Ferrari amarela, desviou em benefício dos acusados mais de R$ 1.2 milhões, referente aos pagamentos de “salários” dos “funcionários fantasmas” com o município de janeiro a março de 2015. O MP também está investigando a fraude nos anos anteriores, o que pode elevar o valor do rombo.

Para facilitar os desvios, o ex-diretor e o ex-secretário inseriam dados falsos no sistema informatizado da folha de pagamento da prefeitura de Itaguaí. Os “funcionários fantasmas”, além de nunca terem investido legalmente em seus cargos, não tinham qualificação profissional mínima exigida e jamais desempenharam as funções dos cargos apontados nos contracheques.

A inclusão dos “beneficiados” na folha de pagamentos foi determinada por Luciano Mota sem que nem sequer fosse editado qualquer ato regular de nomeação. O ato foi realizado em acordo com os vereadores denunciados Marcos Aurélio de Souza Barreto, Márcio Alfredo de Souza Pinto, Vicente Cicarino Rocha, Eliezer Lage Bento, Silas Cabral e Roberto Lúcio Guimarães, em troca de apoio político e “blindagem” do governo local nas votações da Câmara Municipal de Itaguaí, e também para atender promessas de campanha feitas a aliados políticos e cabos eleitorais.

Os vereadores recebiam parte dos “salários” destinados a seus “apadrinhados” que, em sua grande maioria, sacavam praticamente o valor total da suposta remuneração, em espécie, na boca do caixa. O dinheiro era repassado, no todo ou em parte, aos seus “padrinhos” participantes do esquema, diretamente ou através de terceiros, para que a identidade dos vereadores beneficiados permanecesse oculta.

Ainda segundo a denúncia, a maioria dos favorecidos com os desvios nem mesmo conseguiu descrever que atividades desempenhavam na Prefeitura de Itaguaí, alegando que trabalhavam em funções bizarras, como fiscalização de ilhas, monitoramento visual de postes de iluminação, verificação do volume de águas de cachoeiras, controle dos buracos das ruas da cidade ou até medição da temperatura da água dos bebedouros das escolas municipais. Por elas, recebiam salários de R$ 5 mil a R$ 15 mil.

Operação Gafanhotos

Em dezembro de 2014, a Polícia Federal deflagrou a Operação Gafanhotos para investigar a quadrilha chefiada pelo então prefeito Luciano Mota. Na época, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão, cinco de condução coercitiva em Mangaratiba, Niterói e Itaguaí. A famosa Ferrari amarela também foi apreendida na época.

O prefeito foi afastado do cargo em março de 2015, junto aos secretários envolvidos no escândalo, e teve o mandato cassado pela Câmara Municipal de Itaguaí em setembro.

FONTE: http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/mp-pede-prisao-de-ex-prefeito-de-itaguai-acusado-de-desvio-de-verba-da-prefeitura-17062016

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: