Confissão da Odebrecht denuncia R$ 7 milhões de propina para o atual ministro Marcos Pereira do PRB-SP. Marcos Pereira também é bispo da Igreja Universal.

14_07_39_387_file.jpeg

De acordo com a delação premiada de um dos executivos da Odebrecht, o atual ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, negociou um repasse de R$ 7 milhões de propina da Odebrecht para o PRB apoiar a campanha de Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014.

Marcos Pereira é o sexto ministro de Temer citado por corrupção na Lava Jato. Segundo o depoimento do executivo da empreiteira, Marcos Pereira negociou pessoalmente o repasse e esteve na empresa para verificar como o dinheiro vivo deveria ser entregue. O valor comprou o apoio do partido, presidido na época por Marcos Pereira.

FONTE: http://www.horadopovo.com.br/2017/02Fev/3514-22-02-2017/P2/pag2e.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: