prejuízo de quase 3 milhões aos cofres públicos em Corumba, MS

9o3a83191.jpg

 

Nove detidos por determinação judicial foram levados para delegacias da Polícia Civil Campo Grande (Foto: Luciano Muta) Saiba Mais Advogado diz que Giroto está surpreso com prisões Tranquilo, Giroto está sozinho em cela do Garras Preso no Garras, Giroto pede liberdade à Justiça Justiça manda prender Giroto e João Amorim As investigações que culminaram na prisão de nove pessoas entre as quais o ex-secretário de Obras Edson Giroto e o empreiteiro João Amorim, dono da empreiteira Proteco, tratam de contratos que teriam causado prejuízo de R$ 2.962.136,00 aos cofres públicos, em razão do pagamento de obras não executadas em estradas estaduais. A informação é do Ministério Público Estadual (MPE) que foi quem instaurou o procedimento para investigar as suspeitas. Segundo texto da decisão judicial, a empresa, pelo contrato assinado com o governo do Estado,  tinha a obrigação de “recuperação da estrutura da faixa de rolamento da rodovia MS-228, com aplicação de revestimento primário e implantação de dispositivos de drenagens, numa extensão de 42 km – Local: Rodovia MS-228, entre Km 35,0 e Km 77,0, no município de Corumbá. Porém, Porém teria recebido por serviços que não executou. O juiz Carlos Alberto Garcete que determinou a prisão dos nove suspeitos, a pedido do MPE, disse que os documentos apontam para a existência de uma “organização criminosa com objetivo de auferir vantagens ilícitas em contratos administrativos de obras e serviços com o Estado de Mato Grosso do Sul, consistente em falsificações de medições e outras ações escusas que objetiva receber por serviços não realizados ou realizados de forma insuficiente.” Além de Giroto e Amorim, estão presos Átila Garcia Gomes Tiago de Souza, Elza Cristina Araújo dos Santos, João Alberto Krampe Amorim dos Santos, Maria Wilma Casanova Rosa, Maxwell Thomé Gomez, Rômulo Tadeu Menossi e Wilson Roberto Mariano de Oliveira. Todos estão em delegacias da Polícia Civil, em Campo Grande.

 
Leia mais em: http://www.diariodigital.com.br/geral/desvios-de-r-29-milhoes-motivaram-prisao-de-giroto-amorim-e/137387/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: