Um escandalo da éra Sarney chegava ao total de 1/2 bilhão de dolares

O genro do então presidente José Sarney, Jorge Murad, foi acusado de intermediar o repasse de verbas federais para o estado do Maranhão, reduto eleitoral dos Sarney. O esquema envolvia membros do alto escalão do governo, que se utilizavam de critérios escusos na liberalização de recursos públicos. Ao pedir demissão, o titular do Planejamento, Aníbal Teixeira de Souza, dá entrevista transferindo as acusações de corrupção para o presidente Sarney e o secretário geral do Ministério, Michal Gartenkraut. Pouco depois, o presidente da CNBB, dom Luciano Mendes de Almeida, divulga nota condenando a corrupção no governo Sarney.

Na época, suspeitava-se de que o reajuste de contratos mantidos com empreiteiras e fornecedores da União fora uma ação entre amigos. Resultado: instaurou-se no Senado uma CPI para investigar os fatos. Seis meses depois, Sarney e outras 28 pessoas – incluindo cinco ministros – foram denunciadas pelo senador Carlos Chiarelli por participação no esquema.

O total desviado poderia passar de meio bilhão de dolares

Os dossiês desde o fim do regime militar foram arma preferencial de intimidação pública em nosso país. Antônio Carlos Magalhães recebeu, inclusive, a alcunha de “rei dos dossiês”. Bradava aos quatro ventos que possuía dossiês desabonadores em relação aos seus desafetos.
A acusação gerava um efeito devastador. O dossiê, seu conteúdo e sua existência, pouco importavam. De suas mãos nasceu o “dossiê Chiarelli”, dossiê montado por ACM contra o então senador Carlos Chiarelli.
ACM também comandou o desmanche de uma CPI da Corrupção, que pretendia apurar denúncias contra Sarney e mais cinco ministros. Com um dossiê de 390 páginas contra o então relator da CPI, Carlos Chiarelli, ACM arrefeceu o ânimo investigatório dos congressistas.

http://veja.abril.com.br/infograficos/rede-escandalos/rede-escandalos.shtml?governo=sarney&scrollto=57

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: