Chegam a R$ 3,6 milhões as fraudes denunciadas pelo MPSC que envolvem o prefeito de Lages, SC

O prefeito de Lages foi preso preventivamente nesta sexta-feira (5) a pedido do Gaeco do MPSC. Outros dois auxiliares do prefeito também foram detidos. As denúncias são de corrupção ativa, formação de organização criminosa, fraude em licitações e recebimento de propinas. O valor das fraudes chega  R$ 3,6 milhões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: